Um dia normal, as pessoas já estão na rua, a vida parece nua, despida. As luzes já se apagaram o sol brilha forte e raro, faz muito calor. Há quem chame de destino, mas é preferível pensar que o encontro de quatro artistas seguindo um caminho que quase sempre não se sabe aonde vai dar, seja apenas poética coincidência em meio a uma multidão incógnita que busca o sol que nasce seu.

O espetáculo tem a rua como palco, transporta a arte pra calçada, aproxima a vivência dos bailarinos com o povo, fazendo com que se sintam pegos de surpresa...

A vida pra quem vê muda seu curso, ou apenas o endireita, no sentido de que essa intervenção toca diretamente e surpreendentemente o sensorial das pessoas. Além de revitalizar o contato do povo com sua cidade, seus espaços, becos, seus bancos de praça, seus centros da cidade, lugares por onde passamos e muitas vezes mal sabemos como é.

Tudo isso em busca de uma proposta autêntica, construindo uma dramaturgia que se move, encontrando ou reencontrando o sol que nasce seu, desprovido de cerimônias ou convenções.

Balé de Rio Preto

Rio Preto Cia. de Dança

Rua Tiradentes nº 1431 - A

São José do Rio Preto - SP

Tel: (17) 3011-6460 / 99163-3535